Carteira de motorista jogando videogame!

by

Hello!

É isso ai, imaginem tirar a carteira de motorista jogando Need for Speed ou então pelo menos um Grand Turismo. Incrível né!? Isso é um dos mais novos investimentos do Governo Federal, claro que não será jogos comerciais, mas sim um simulador exclusivo para esta atividade.

Gran Turismo 5

“Alunos terão de passar por treinamento em simulador antes de aulas na rua. O aparelho que pode custar até R$ 20 mil para autoescolas, simula a condução de um veículo à noite, sob chuva e em rodovia com neblina.” (Alencar Izidoro)

Publicado na Folha de São Paulo no mês passado, a possibilidade de uma nova mudança de lei para tornar obrigatório o uso de simuladores de direção por alunos de auto-escolas, onde os motoristas terão que passar por aulas em uma espécie de videogame para tirar a carteira de habilitação. Segundo o Alfredo Peres da Silva, presidente do CONTRAN (Conselho Nacional de Trânsito) e do DENATRAN (Departamento Nacional de Trânsito) o prazo para exigência pretendo ser fixados ainda em 2010.

A intenção do Governo Federal é possibilitar aos alunos experimentarem novas experiências no volante com estes equipamentos antes mesmo de irem para as ruas, simuladas através de um programa de computador, experiências de situações adversas cujas quais ainda não podem ser testadas em auto-escolas. Por exemplo: Condução noturna, tanto em rodovia como em trechos urbanos, condução em chuva ou neblina. Peres disse que iria avaliar a possível substituição das partes práticas pelos treinos no simulador, como para complementar a carga horária. Hoje, para retirar a carteira de habilitação são necessárias 65 aulas (45 teóricas e 20 práticas), até o ano de 2008 eram 45 aulas sendo 30 teóricas e 15 práticas.

A dois meses o DENATRAN deu o primeiro passo por meio de um convênio com a Universidade Federal de Santa Catarina, onde autorizou um repasse de R$ 650 mil para criação de um projeto sobre os simuladores. Carlos Alberto Schneider, professor titular e doutor em Engenharia, diz que precisa apresentar três protótipos até julho: um simples (com custo de R$ 500 a R$ 800), um intermediário (R$ 5.000 a R$ 7.000) e um sofisticado (+R$ 20.000).

Simulador

“Ele vai reproduzir as adversidades em rodovias e trechos urbanos. Dá para simular condições de risco acima do normal, semelhante à indústria aeronáutica”, diz Schneider referindo-se a formação de condutores de avião obrigados a usar simulador antes de voar. No Brasil, uma resolução do CONTRAN prevê desde 1998 que as auto-escolas tenham em suas instalações “um simulador de direção ou veículo estático”. Na prática, porém, os alunos não precisam usá-los e quase todos os equipamentos existentes não têm nem utilidade (em vez de computadores, muitos são estruturas de madeira com banco de carro, direção, marcha e freio de mão, sem simulação de trânsito).

O exemplo mais sofisticado de simuladores em auto-escolas brasileiras começou a ser testado há menos de seis meses, em Pouso Alegre (MG). Lá, uma rede que conta com 12 auto-escolas firmou uma parceria com a Armaroli, empresa que desde 2003 trabalha com aparelhos para entretenimento e para formação de pilotos profissionais, inclusive de F-1. O aparelho foi criado a partir de um VW Fox e simula mais de dez situações de risco (como aquaplanagem). Desde outubro, foi testado no treinamento de 25 motoristas.

A equipe da Folha de São Paulo texto o mais sofisticado simulador do país, na cidade de Pouso Alegre, no sul de Minas Gerais. A pequena cabine tem tudo o que um carro convencional precisa para ser dirigido: volante, câmbio, velocímetro, três pedais. O teste, sem outros veículos, serve para o inexperiente motorista começar a treinar no volante. É uma pista com curvas e balizas. Com a vontade de querer ser rápido aparece a primeira bronca: “Você está segurando o volante errado”, diz o instrutor. Num outro percurso, um cenário urbano, o grau de dificuldade aumenta. Ao passar por um cruzamento sem parar, mais uma advertência: “Você não viu a placa de pare?”. Os pontos positivos são a segurança e a chance de melhorar o controle dos pedais, que é a maior dificuldade dos iniciantes. O ponto negativo é a virtualidade, que dá a sensação de videogame, e não de sistema de instrução. Avaliação é que aparelho também deve ser usado em curso para renovar CNH. Estímulo a comportamentos perigosos e alto custo são as principais críticas; porém o método também pode ajudar pessoas com medo e deficientes físicos.

No entanto, com ressalvas: alguns avaliam que a iniciativa é válida só para uma formação adicional, e não para substituir as aulas práticas; e há estabelecimentos que também temem os custos. “O videogame ajuda na percepção do tempo de reação para não atropelar um pedestre, mas não se pode simplificar a formação. É interessante como complemento”, afirma Horácio Augusto Figueira, mestre em engenharia pela USP. “As pessoas não têm ideia do que significa a velocidade. Um carro a 108 km/h percorre mais de 30 metros até parar”, diz Ailton Brasiliense, ex-presidente do DENATRAN.

A rede de autoescolas em Pouso Alegre, no sul de Minas, que começou a testar esse simulador mais sofisticado negocia no DETRAN-MG a homologação do aparelho para tentar inclusive autorização para substituir algumas aulas práticas.

Se tudo isso acontecer como o planejado imaginem qual seria o preço? Há quem diga que o custo para os motoristas cairia de R$ 30 para R$ 20 por aula. Será?

Para ler a matéria completa acesse www.folha.com.br

Bom fim de semana e até a próxima!

Tags: ,

3 Respostas to “Carteira de motorista jogando videogame!”

  1. Suellayne Says:

    Gosteii MUITO dessee! LegaL dee maiis!

  2. Pedro Arthur Lopes Costa Says:

    Seria bem legal, fazer primeiro essa simulacao no Video Game, para poder or ate a rua. Por que assim a Pessoa vai ter mais ou menos uma nocao de como dirigir.

    Seria Bem Legal

  3. GERMANO DE VALÉRIO Says:

    MEU NOME É GERMANO DE VALÉRIO, TENHO 44 ANOS , SOU PORTADOR D DEFICIENCIA FISICA , E GOSTARÍA MUITO D FAZER VÁRIOS TESTES NO SIMULADOR , ESSE TESTE SERVIRÍA PRA AVALIAR AS MINHAS CONDIÇÕES D DIRIGIR , PRA VER OS TIPOS D ADAPTAÇÕES A SEREM FEITAS NO VEÍCULO, E TBM SERVIRÍA COMO TREINAMENTO PARA Q EU POSSA TER MAIS SEGURANÇA PRA QUANDO FOR FAZER AULAS NA RUA . SOU DE BAGÉ RS E GOSTARÍA Q TIVESSE ESSE SIMULADOR AKÍ NA MINHA CIDADE . OBRIGADO!!!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: