Aprender medicina no Second Life!!!!!!!!!! Isso dá certo????

by

Olá galerinha!!!!!!

Antes de mais nada, gostaria de agradecer o número expressivo de visualizações que teve o meu primeiro post, “Apredizagem através de video games: duvida????”, aqui no Console. Valeu mesmo!!!! Apenas senti falta de comentários, mas tudo bem, tenho certeza que eles virão com naturalidade.

Exibir med_capa

Esta semana resolvi falar sobre algo bastante interessante e intrigante ao mesmo tempo. Mesmo não desfrutando da pompa de outrora, leia-se o período do seu lançamento, o Second Life além de atrair muitos usuários, ainda tem sido fonte de inspiração para vários artigos e pesquisas, isso principalmente pela imensidão de recursos e aparatos  que estão disponíveis nesse mundo virtual, jogo, ambiente de aprendizagem, local de entretenimento e marketing, ou como você queira chamar, dado o uso que o faz dele. Assim nesse post vamos falar sobre como o Second Life tem sido usado para ensinar médicos a tratar pacientes, fica a pergunta, você se trataria com um médico, sabendo que ele foi treinado dessa maneira???? Mas muita calma nessa hora!!!! Não tire conclusões precipitadas antes de ler o restante do post.

Pois bem, no Imperial College London(“Colégio Imperial de Londres”), estudantes de medicina, podem “passear”  por um hospital onde eles vêem pacientes, dispõem de raio-x, podem consultar colegas e acima de tudo fazer diagnósticos. Tudo isso de uma maneira super interativa, e tirando a experiência de aprendizagem, o que pode nos intrigar é que absolutamente nada disto é real.

3402043435_c5a1dd73f3

Estes futuros e potenciais médicos estão tratando pacientes virtuais dentro do Second Life, no mundo da internet onde usuários interagem online através de personagens, chamados de avatares. Estudantes do terceiro ano de medicina estão participando de um programa piloto com o intuito de desenvolver a aprendizagem baseada em jogos, na qual educadores acreditam que pode ocorrer uma estimulante mudança em palestras e livros.

Maria Toro-Troconis, uma phd do Imperial College London, afirma que,

maria toro troconis

O objetivo é desenvolver um ambiente de aprendizagem o mais atraente possível, ao invés de apenas replicar o que temos no mundo real. A aprendizagem baseada em games, desempenha um papel muito importante.

Saindo de uma sala de aula real, os estudantes sentam em frente ao computador e adentram em um hospital virtual do Second Life, o qual foi minuciosamente desenvolvido para se assemelhar ao máximo ao Imperial College London. Logo após o avatar entrar no hospital virtual, eles verificam o balcão da recepção, passam o cartão de acesso, e então vão até o escritório do professor Martyn Partridge para que possam receber sua missão. Para termos uma idéia de como o ambiente se assemelha com a vida real, se o estudante esquecer, por exemplo, de lavar as suas mãos antes de visitar um paciente, a missão é interrompida.

meds2

A partir do momento em que os estudantes entram no quarto do paciente é que o trabalho começa. No caso de ser um paciente da ala respiratória, eles podem ouvir a gravação de uma respiração real, para ajudar na identificação do problema. E se assim, optarem por um raio-X, podem passar no departamento de radiologia e encomendá-lo.

meds1

Muito bem, neste momento os céticos de plantão devem está se perguntando, “o que há de tão interessante, em um bando de estudantes de medicina, que ao invés de estarem caindo de cara nos livros, estarem jogando???”. Bem a resposta é simples e direta, eles estão tendo “experiências reais”, através de um ambiente virtual, e o melhor de tudo é que sem fazer com que o paciente corra risco. Mas só isso??? Claro que não!!!! Certamente quando estes vierem a se deparar com situações semelhantes no mundo real, e desta feita com pacientes reais, se sobressairão bem melhor, em relação àqueles que nunca participaram de tal experiência.

Caso tenha ficado curioso sobre o assunto, em muitos sites de vídeos, como o youtube, existem inúmeros vídeos que mostram com mais detalhes as questões relacionadas a esse post, como o que segue.

Para acessar o artigo completo clique aqui.

Sem mais delongas, espero que tenham gostado do post, fico no aguardo por comentários, sejam eles criticando, elogiando, propondo novos temas e/ou melhoramento dos já existentes, enfim o importante é que comentem. Um cordial abraço e até semana que vem!!!!!!!!!!!

Tags: , ,

4 Respostas to “Aprender medicina no Second Life!!!!!!!!!! Isso dá certo????”

  1. Suênia Says:

    Muuuito bom! Sou suspeita para agradecer ou parabenizar mas… Ótimo tema! Ótima postagem!
    Esse post me fez pensar como seria uma sala virtual onde os alunos fossem de outra área. Será que existe suporte no Brasil para esse tipo de realidade virtual? É, vamos sonhar, afinal, sonhar ainda não paga…

    • Valderí Medeiros Says:

      vlw Suênia…que bom, que gostou… continue conosco aqui no Console, se possível divulgando também…kkkk😛, obrigado mais uma vez pelos comentários….

  2. paulo eduardo de sa alvarenga Says:

    Sou Enfermeiro com grande experiencia em assistencia pis comecei minha carreira como Tecnico e punha a mao na massa mesmo a ai vejo no second life tantas oportunidades para se “jogar’ assistencias de enfermagem que a mente fica borbulhando…se tiverem ja alguma coisa me mandem uma url por favor!!!
    Abçs
    Paulo Eduardo

  3. maria eduarda marciano gabriel Says:

    como trabalho de Enfermeira ajuda?

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: