Videogames invadem aulas de Educação Física – Parte 3

by

Primeiramente quero pedir desculpas por não ter postado semana passada. Eu estava muito sobrecarregado e pedi à Moisés (Bob Mota) para postar em meu lugar, no entanto não aconteceu como planejado. Bom, hoje estou aqui com o “Final Post” como prometido, sobre o tema: Videogames invadem aulas de Educação Física. Vamos lá!? Boa leitura…

A princípio, o objetivo dos videogames era de puro entretenimento, porém com o desenvolvimento de novas plataformas, novos consoles e games, e também com a comercialização e distribuição dos mesmos, acarretando sucesso e fama para aqueles simples aparelhos, a mídia caiu em alvoroço sobre o tema, acusações e especulações de que os videogames eram prejudiciais à saúde começou a se desenvolver ao decorrer do tempo.

As acusações eram de que os videogames trariam sedentarismo aos que jogavam, poderiam provocar doenças ósseas e musculares, pesquisas recentes mostram algo parecido, onde os videogames recebem acusações de que são os principais responsáveis pelo aumento do Raquitismo (doença causada pela carência de Vitamina D) em países desenvolvidos.

“Hoje as pessoas estão cada vez mais paradas. Isso, somado à gordura e ao açúcar, comuns na alimentação, está gerando ganho de peso”, comenta Kenia Carvalho, professora do departamento de Nutrição da Universidade de Brasília (UnB), cuja entende que são provenientes do consumo de alimentos industrializados e da falta de exercício físico. As acusações são geradas em torno da razão pela qual crianças passam a maior parte do tempo dentro de casa. Porém, a nossa sociedade é movida em torno de influências, e quais seriam estas influências? (Leia mais)

Porém ultimamente as coisas têm mudado com o surgimento do novo conceito tecnológico regido pela terceira geração dos games, em destaque o Nintendo Wii. “O console da empresa japonesa representa uma mudança de paradigma: ele faz os gamers se levantarem da cadeira e suarem, graças a um revolucionário sistema de jogo que consegue unir diversão e exercício.”

O console da Nintendo vem munido de dois super games que envolvem esportes e diversão:

· Wii fit, que usa um equipamento chamado de Balance Board que simula exercícios físicos como yoga e atividades aeróbicas (Leia mais).

Shigeru Miyamoto “O Wii fit não se parece com nada daquilo que foi criado até hoje”, afirma Shigeru Miyamoto, lendário criador do game e de clássicos como Super Mario, Zelda e Donkey Kong.

· Wii Sports, que traz consigo cinco modalidades esportivas: Beisebol, Boliche, Boxe, Golfe e Tênis. Funciona com o Wii Remote e reproduz os movimentos do usuário.

Os “games ativos”, assim chamados por exigirem bem mais que movimentos dos dedos, comparados com os games convencionais fizeram as crianças analizadas perderem cerca de 98% de calorias a mais, em torno de 4 cal/min., isso é o que mostra uma pesquisa da Universidade de Hong Kong.

“O estímulo desde cedo, favorecido pelo videogame, evita que ela cresça sedentária, aumentando as chances de uma vida adulta saudável”, diz o Personal Trainer Gustavo Bergamaschi. Ele acredita que o uso do videogame na atividade física pode torná-la mais lúdica e prazerosa, beneficiando principalmente as crianças.

De acordo com um estudo feito nos Estados Unidos, os exercícios dos games do Wii podem criar uma geração de jogadores mais saudáveis.  “É uma maneira muito simples e divertida de começar a se exercitar”, assim diz o diretor do programa de atividade física do Instituto Nacional de Saúde e Nutrição em Tóquio, na qual liderou o estudo. Trazendo referência ao grande índice de obesidade nos pequenos, causado pelo sedentarismo infantil nos Estados Unidos e no Japão, o diretor do programa afirmou que qualquer atividade física, mesmo sendo incentivada por um console é muito melhor do que nenhuma.

Para ler as matérias completas acessem:

>>>>  www.educacaofisica.com.br

>>>>  www.top30.com.br

É isso ai pessoal, por esta semana é só. Semana que vem trarei mais novidades. Até +…

Tags: , , ,

Uma resposta to “Videogames invadem aulas de Educação Física – Parte 3”

  1. michele varella braga Says:

    gostaria de mais informação falo sobre o videogame esse avanços em torno da psicomotricidade e aprendizagem motora .

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: